Buscar
  • Simone Panko

HIPOPLASIA X CÁRIE X FLUOROSE

São defeitos que acometem os dentes sendo a cárie a única que acomete quando o dente já erupcionou, ou seja, já está em boca, a fluorose é a mais difícil de acontecer com os dentes “de leite” (decíduos).


Sabem o que todas têm em comum? Podem apenas ser uma mancha branca. Os únicos profissionais capacitados para diferenciá-los são: o cirurgião dentista e o técnico em saúde bucal antigo técnico em higiene dental.


A hipoplasia assim como a fluorose ocorre quando o dente está formando, qual a principal diferença entre elas?! A hipoplasia pode acontecer só com um dente já a fluorose acontecerá sempre com o mesmo dente que está se formando na mesma época. A hipoplasia tem alguns tipos e as mais comuns podem ser: em decorrência de um trauma e a hipoplasia molar incisivo.


A em decorrência de um trauma normalmente acomete um dente sendo mais comum com um dos dentes anteriores e superior (incisivo central). Já a hipoplasia molar incisivo sempre acometerá no mínimo estes dentes (incisivos e o primeiro molar pemanente) sendo que um deles pode não apresentar o defeito da mesma intensidade que no seu antagonista, mas ambos apresentaram o defeito.


A fluorose é mais comum nos dentes permanentes e é muito confundida com a hipoplasia, existem alguns fatores que o profissional saberá diferenciá-los e como já dito anteriormente o mesmo dente do outro lado da arcada apresentará o mesmo defeito, existe em vários graus sendo o mais severo comumente conhecido como queijo suíço.


A Cárie o dente já estará presente e após algum tempo os pais ou responsáveis perceberão um mancha que anteriormente não estava presente ou em casos mais avançados a cavidade.


A fluorose e a hipoplasia por apresentarem diferentes graus possuem diferentes tratamentos como micro abrasão, uso de resinas nas mais variadas formas desde uma restauração mais simples até uma reconstrução, o uso de coroas em dentes posteriores e anteriores ou facetas em anteriores. As famosas lentes de contato não são indicadas por ser um laminado de cerâmica extremamente fino que não cobriria os defeitos apresentados.


Já a cárie em alguns casos pode ser remineralizada com a utilização de fluoretos como o uso tópico do gel ou verniz fluoretado, restaurações com o uso de resinas do tipo diretas ou indiretas ou cimento de ionômero de vidro, e em casos mais avançados o uso de coroas.


Por isso sempre é importante fazer a consulta preventiva para que uma criança não desenvolva um trauma quando adulto, para não ir somente quando está com dor.

Marque sua consulta conosco!


11 visualizações0 comentário